Financiamento Imobiliário

Como Escolher o Financiamento Imobiliário

Como Escolher o Financiamento Imobiliário

Antes de escolher um financiamento imobiliário é preciso estar informado para fazer a escolha certa do banco (cada um tem taxas e condições de pagamentos diferentes) que fará o financiamento, as melhores formas de pagamento e a rapidez com que você poderá saldar a dívida.

O melhor é encontrar o tipo mais apropriado para o seu caso, levando em consideração as taxas de juros, valores do financiamento, prazos de pagamento etc.
Fazer um financiamento imobiliário é uma decisão econômica importante, pois é a escolha de passar um bom tempo pagando parcelas e tendo um compromisso bancário. Por isso, vale à pena levar tempo pesquisando para tomar a melhor decisão. Faça uma Simulação de Financiamento Casa Própria para obter o valor da prestação e a renda necessária.

Veja algumas dicas para compra da Casa Própria
Custo

Compare o CET (Custo Efetivo Total), que engloba tarifas, juros, serviços, seguros e impostos embutidos; esse é o custo real de um financiamento imobiliário e varia de banco para banco.

Parcelas

Compare os dois sistemas: Tabela Price e SAC (Sistema de Amortização Constante). Na Price, as parcelas são iguais do início ao fim. No SAC, serão decrescentes, sendo que a 1ª parcela costuma ser 25% maior do que na Tabela Price; o valor final é 25% menor.  Sistemas de Amortização – SAC, SACRE e Tabela Price

FGTS

Se a pessoa tiver contribuído por pelo menos três anos e não for dono de outro imóvel na mesma cidade, pode usar o Fundo Garantidor do Tempo de Serviço como parte do pagamento, desde que o bem a ser adquirido custe até R$ 500 MIL. Utilização do FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço

Financiamento de Imóvel na Planta

Nessa caso, não são pagos juros até a entrega das chaves; depois disso, na maioria dos casos, o saldo devedor é pago com empréstimos feitos em bancos ou financiadoras especializadas.


Deixe seu Comentário

*